Clique abaixo para nos ajudar
Conectar-se

Esqueci minha senha

Estamos no Facebook
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Quem está conectado
21 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 21 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 468 em 1/3/2012, 10:43
ListBox

23/5/2017, 10:37 por Rosangela Pires

Ola Amigos.

Para se movimentar na grid com as setas colocamos no Metodo AfterChange da grid …

Comentários: 0

TRY BEGIN E FLOCK()

17/4/2017, 10:32 por AJC

Pessoal estou tendo alguns problemas de gravação em rede, estou usando
try begin, mas vi algo na …

Comentários: 0

Exportar Dados Campo Memo Tabela DBF

10/4/2017, 10:28 por fcampos

Olá bom dia.

Estou tentando exportar os dados de algumas tabelas em formato dbf pelo foxpro.
O …

Comentários: 2

Função EVL()

8/4/2017, 12:18 por Clebervfp

Bom dia a todos.
Vim compartilhar de uma Função do próprio VFP que me benefício muito.
Função …

Comentários: 0

COMO BLOQUEAR REGISTRO OU TABELA NO VISUAL FOXPRO PARA GRAVAÇÃO EM REDE

3/4/2017, 10:29 por AJC

Pessoal estou tendo um problema que acontece sempre busco na minha tabela de clientes o ultimo …

Comentários: 2

Estatísticas
Temos 7079 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de albsilva

Os nossos membros postaram um total de 49 mensagens em 26 assuntos

"Por que você não responde diretamente a minha pergunta?"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Informativo "Por que você não responde diretamente a minha pergunta?"

Mensagem por cabeludo em 4/5/2010, 17:23

Tomei a liberdade do Fórum Mágico Amador, a seguinte mensagem, que se aplica a qualquer situação e não só a mágica.
A mensagem é longa, mas vale a pena ser refletida.

LeonardoGlass, do FMA escreveu escreveu:
1. INTRODUÇÃO

Todo ano, milhões de africanos morrem vítimas de malária. Uma Doença facilmente controlável com o uso de simples mosquiteiros, que custam mais que alguns poucos dolares. E todo ano, vários países africanos recebem de países desenvolvidos enormes quantidades doadas desses mosquiteiros. Um dos grupos de ajuda humanitária que recebe essas doações, repassa gratuitamente esses mosquiteiros a todos os que precisam; já outro grupo humanitário, recebe esses mosquiteiros e depois os revende por um valor irrisório, em torno de 10% do valor de custo. O mais curioso, é que na população abrangida pelo primeiro grupo (os que recebem gratuitamente os mosquiteiros), o índice de pessoas infectadas pela malária muitíssimo maior do que na população abrangida pelo segundo grupo (o que vende os mosquiteiros).

Ao investigarem o porquê disso acontecer, economistas e estudiosos descobriram que as pessoas que recebem o mosquiteiro de graça, acabam vendendo o produto, ou utilizando-o para outros fins, como véus de noiva, filtro de chá e café, etc. Já as pessoas que compravam o mosquiteiro, ainda que pagassem um valor irrisório pelo produto (digamos, US$ 0,50), davam o devido valor ao produto, e utlizavam-no da maneira correta, chegando até a deixar de herança para parentes.

Mas e o que isso tem a ver com mágica, caspeta? Calma, já chego lá.

2. PAPINHAS PRONTAS

Um efeito semelhante, salvo as devidas proporções, pode ser observado aqui no FMA. Explico:

Nunca me importei em auxiliar ou tirar as dúvidas de iniciantes, fosse essa qual fosse. Pelo contrário, sei que esta é a razão de existir esse espaço; também já fui muito ajudado aqui, e faz parte da gratidão, repassar aos demais o que já aprendi aqui. No entanto, me frustra quando alguns "iniciantes" (aspas) querem tudo pronto, mastigadinho, cheirosinho, ensaiadinho, pronto para ser executado (como dizemos por aí, querem só o filé, ou seria "papinha"?) E pior do que isso, quando alguém posta uma provocação (no bom sentido da palavra), que force a pessoa a pensar e trabalhar por conta própria, é visto com maus olhos, como uma pessoa ruim, arrogante, "incapaz de ajudar, tirando uma simples dúvida". E isso é o que dói!

Entendo as dúvidas, afinal todos nós as temos. Mas é preciso entender que antes da recompensa, é preciso trabalhar por ela. E aí está o ponto que quero tocar: Eu vejo claramente a diferença quando alguém aqui no FMA ganha uma resposta pronta (papinha), de outro alguém que ganha uma direção a ser seguida. A diferença primordial é que, nos tópicos onde se aceita a direção a ser seguida, dificilmente (para não dizer "nunca") dá briga.

Comecem a observar onde nascem as brigas/discussões aqui do FMA. A grande parte delas nasce de tópicos onde o autor esperava uma resposta pronta (papinha) e não a obteve; ao invés disso ganhou um "norte" de onde buscar a resposta. Não satisfeito, sai xingando meio mundo. Já nos tópicos onde os autores aceitam esse norte, em geral o que se vê é agrande satisfação da descoberta; é a alegria de poder dizer: "Eu construí isso, com a ajuda do FMA".

3. CONSTRUTIVISMO PEDAGÓGICO

Existe uma teoria na pedagogia, chamada construtivismo, onde o professor seria não uma enciclopedia ambulante que despeja conhecimento aos alunos, mas sim uma espécie de engenheiro que orienta os seus empregados (no caso os alunos) da melhor forma de construirem a casa (no caso, o conhecimento). Quem põe a mão na massa é o aluno, o professor apenas orienta e da as diretrizes.

E é assim que eu penso: Jamais dar respostas prontas, até por que, cada contexto deve ser analisado individualmente, e algo que serve para mim, pode ser um atraso na vida de outra pessoa. Números frios (sem contexto), movimentos prontos só servem para quem os criou, e não devem ser usados indiscrimandamente por outras pessoas. servem como "benchmarking", material de pesquisa, mas jamais como solução a um problema de outrem.

Por isso eu creio na ideia de mutirão de duas vias: Várias pessoas construindo as respostas de determinado problema juntas. Aquele que tem o problema contextualiza os demais e diz o que precisa; algumas pessoas dão as diretrizes, sugerem-se os materiais e os métodos e o que trouxe o problema constrói a sua própria solução. E esse caso, ainda pode servir no futuro como MODELO a solução de novos problemas similares (ou seja, pode orientar novas construções).

4. CONCLUSÃO

Por tudo isso que foi exposto aí em cima, é que eu sou contra que se deem respostas prontas, e por isso também que evito ao máximo fazê-lo. Não por maldade ou arrogância; muito pelo contrário. É justo por querer que as pessoas aprendam a andar com as próprias pernas, que evite de levá-las no colo. Fora que, como eu já disse, números que servem para mim, podem ser um desastre para o outro.

No mais, egoísticamente falando, é broxante você dar uma resposta pronta para alguém, e a pessoa usar de forma errada aquela informação. Quando você oferece algo de bom, espera no mínimo que aquilo seja minimamente utilizado e que o outro seja agradecido pela gentileza (por isso a história dos mosquiteiros na África). E, convenhamos, nem sempre isso acontece.

Por isso meu apelo: ousemos exercitar os nossos cérebro, busquemos construir as respostas que precisamos. Os frutos serão muitíssimo mais saborosos dessa forma, e a recompensa valerá mais a pena.

Por fim, um recado ao preguiçosos: não se zangue quando não receber a sua papinha. E tente evitar criar atritos aqui no FMA por causa disso. Até por que, como diz o ditado: "cabeça vazia, oficina do diabo". E um cérebro atrofiado (que não se exercita) deixa muito espaço vazio na cabeça.

Amplexos!
avatar
cabeludo
Participa Bastante
Participa Bastante


Voltar ao Topo Ir em baixo

Informativo Re: "Por que você não responde diretamente a minha pergunta?"

Mensagem por hugo em 4/5/2010, 17:51

quer dizer que o senhor tem uns truques nas mangas hein?

heheheheh

valeu

_________________
"A tristeza é a falta de alegria, mais sem ela eu não poderia entender a alegria do fato de que a felicidade existe!"
Helio Leites - [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
hugo
Usuário 5 Estrelas
Usuário 5 Estrelas


Voltar ao Topo Ir em baixo

Informativo Re: "Por que você não responde diretamente a minha pergunta?"

Mensagem por Marcos Guedes em 4/5/2010, 23:34

Ótimo conteúdo, cabeludo!
Infelizmente esta é a realidade de muitos fóruns.
Se formos observar aqui, por exemplo, temos membros que se cadastraram apenas para esclarecer uma dúvida e simplesmente sumiram, sem honrar nossos esforços.

Mas cabe a cada um de nós lutarmos por uma melhora a cada dia.
Smile

_________________
Marcos Guedes - Programador e desenvolvedor Web.


Visite o nosso portal:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Marcos Guedes
Webmaster
Webmaster


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum