Clique abaixo para nos ajudar
Conectar-se

Esqueci minha senha

Estamos no Facebook
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Quem está conectado
14 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 14 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 468 em 1/3/2012, 10:43
Espessura do cursor intermitente

7/3/2017, 09:08 por Jefferson Matakas

Bom dia a todos !!

Existe uma opcao no windows que pode ser acessada atraves da 'central da …

Comentários: 0

DESENVOLVIMENTO EM REDES

4/3/2017, 18:45 por AJC

Pessoal tem ou conhece livros ou material para programação em
redes usando banco de dados nativo …

Comentários: 0

USAR REPORT FORM

30/12/2016, 09:06 por AJC

Pessoal bom dia,
Estou com um grande problema, já pesquisei muita coisa sobre report form, mas o …

Comentários: 4

Como preencher campos vazios

9/2/2017, 11:55 por Linghston

Pessoal boa tarde,

É o seguinte, eu preciso preencher os campos de uma coluna da tabela DBF que …

Comentários: 2

Enviar msg para WhatsAPP via VFP

7/2/2017, 10:31 por Eliana

Olá Pessoal!

Alguém sabe se é possível enviar mensagem para o WhatsAPP via VFP?


Grata


Comentários: 0

Estatísticas
Temos 7037 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de GETULIO

Os nossos membros postaram um total de 31 mensagens em 17 assuntos

Um "Wii" made in Brazil

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Um "Wii" made in Brazil

Mensagem por Marcos Guedes em 23/4/2009, 17:23

O Zeebo, concebido e patenteado pela Tectoy, inova para driblar a pirataria de jogos e quer conquistar o mundo emergente

Revista EXAME -Em um mês, os consumidores do Rio de Janeiro serão os primeiros do mundo a poder comprar um novo videogame desenvolvido no Brasil e que tem tudo para representar uma das maiores inovações dos últimos tempos na bilionária indústria dos jogos eletrônicos. O console chama-se Zeebo e é produzido por uma empresa de mesmo nome, controlada pela brasileira Tectoy e que tem como sócia a Qualcomm, companhia americana detentora de tecnologias de mobilidade. A grande inovação do Zeebo não está na qualidade de seus gráficos nem no tipo de jogo que ele oferece. O que o videogame brasileiro traz de novidade - pela primeira vez em todo o mundo - é o sistema de venda dos jogos. Os discos foram abandonados. O Zeebo tem um chip de telefone celular embutido, e os donos do console poderão baixar os games diretamente para o aparelho usando a rede de telefonia móvel. Com esse novo modelo de negócios, o Zeebo quer aproveitar o novo e crescente mercado dos consumidores de baixa renda brasileiros e de outros emergentes - e, ao mesmo tempo, atacar um problema que na prática torna inviável o mercado nesses países: o domínio absoluto dos jogos piratas.
Saiba mais...

Marcos Guedes
Webmaster
Webmaster


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum