Clique abaixo para nos ajudar
Conectar-se

Esqueci minha senha

Estamos no Facebook
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Quem está conectado
13 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 13 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 468 em 1/3/2012, 10:43
TRY BEGIN E FLOCK()

17/4/2017, 10:32 por AJC

Pessoal estou tendo alguns problemas de gravação em rede, estou usando
try begin, mas vi algo na …

Comentários: 0

Exportar Dados Campo Memo Tabela DBF

10/4/2017, 10:28 por fcampos

Olá bom dia.

Estou tentando exportar os dados de algumas tabelas em formato dbf pelo foxpro.
O …

Comentários: 2

Função EVL()

8/4/2017, 12:18 por Clebervfp

Bom dia a todos.
Vim compartilhar de uma Função do próprio VFP que me benefício muito.
Função …

Comentários: 0

COMO BLOQUEAR REGISTRO OU TABELA NO VISUAL FOXPRO PARA GRAVAÇÃO EM REDE

3/4/2017, 10:29 por AJC

Pessoal estou tendo um problema que acontece sempre busco na minha tabela de clientes o ultimo …

Comentários: 2

Controlar Scanner Twain

31/3/2017, 17:31 por Kleber R Bento

Estou usando o EZTW32.DLL para criar uma ferramenta que escaneia e gera PDF. Porém com esses …

Comentários: 0

Estatísticas
Temos 7063 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Bravera

Os nossos membros postaram um total de 47 mensagens em 24 assuntos

O que é HTML

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Informativo O que é HTML

Mensagem por Marcos Guedes em 14/4/2009, 00:42


HTML (acrônimo para a expressão inglesa HyperText Markup Language, que significa Linguagem de Marcação de Hipertexto) é uma linguagem de marcação utilizada para produzir páginas na Web. Documentos HTML podem ser interpretados por navegadores. A tecnologia é fruto do "casamento" dos padrões HyTime e SGML.

HyTime é um padrão para a representação estruturada de hipermédia e conteúdo baseado em tempo. Um documento é visto como um conjunto de eventos concorrentes dependentes de tempo (como áudio, vídeo, etc.), conectados por hiper-ligações. O padrão é independente de outros padrões de processamento de texto em geral.

SGML é um padrão de formatação de textos. Não foi desenvolvido para hipertexto, mas tornou-se conveniente para transformar documentos em hiper-objetos e para descrever as ligações.

História

Tim Berners-Lee criou o HTML original (e outros protocolos associados como o HTTP) em uma estação NeXTcube usando o ambiente de desenvolvimento NeXTSTEP. Na época a linguagem não era uma especificação, mas uma coleção de ferramentas para resolver um problema de Tim: a comunicação e disseminação das pesquisas entre ele e seu grupo de colegas. Sua solução, combinada com a então emergente internet pública (que tornaria-se a Internet) ganhou atenção mundial.

As primeiras versões do HTML foram definidas com regras sintáticas flexíveis, o que ajudou aqueles sem familiaridade com a publicação na Web. Atualmente a sintaxe do HTML é muito mais rígida, permitindo um código mais preciso. Através do tempo, a utilização de ferramentas para autoria de HTML aumentou, assim como a tendência em tornar a sintaxe cada vez mais rígida. Apesar disso, por questões históricas (retrocompatibilidade), os navegadores ainda hoje conseguem interpretar páginas web que estão longe de ser um código HTML válido.

A linguagem foi definida em especificações formais na década de 1990, inspiradas nas propostas originais de Tim Berners-Lee em criar uma linguagem baseada em SGML para a Internet. A primeira publicação foi esboçada por Berners-Lee e Dan Connolly, e publicada em 1993 na IETFcomo uma aplicação formal para o SGML (com uma DTD em SGML definindo a gramática). A IETF criou um grupo de trabalho para o HTML no ano seguinte, e publicou o HTML 2.0 em 1995. Desde 1996, as especificações HTML vêm sendo mantidas, com o auxílio de fabricantes de software, pela World Wide Web Consortium (W3C).[1] Apesar disso, em 2000 a linguagem tornou-se também uma norma internacional (ISO/IEC 15445:2000). A última especificação HTML lançada pela W3C foi a recomendação HTML 4.01, publicada no final de 1999. Uma errata ainda foi lançada em 2001.

Desde a publicação do HTML 3.5 no final de 1997, o grupo de trabalho da W3C tem cada vez mais — e de 2002 a 2006, de forma exclusiva — focado no desenvolvimento do XHTML, uma especificação HTML baseada em XML que é considerada pela W3C como um sucessor do HTML.[2][3][4] O XHTML faz uso de uma sintaxe mais rigorosa e menos ambígua para tornar o HTML mais simples de ser processado e estendido.
Clique aqui para acessar a fonte!

Marcos Guedes
Webmaster
Webmaster


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum